Ex-desportista francês é o protagonista da nova série da Netflix

O antigo futebolista Éric Cantona, que reside em Lisboa, volta a trabalhar como ator em "Dérapages". Afastado dos relvados desde 1997, o artista regressa ao pequeno ecrã na pele de Alain Delambre, um desempregado de 57 anos que é enganado.

Despediu-se dos relvados em 1997 mas ainda antes de ter arrumado as chuteiras, o antigo futebolista francês Éric Cantona dedicou-se à representação e, agora, é a estrela maior de "Dérapages", "Inhuman resources" na versão internacional, uma das novas séries da plataforma digital Netflix. O artista, uma das muitas celebridades que nos últimos anos elegeram Portugal para viver, regressa ao pequeno ecrã na pele de Alain Delambre, um desempregado de 57 anos que se vê envolvido num enredo perigoso.

Nascido em Marselha, em 1966, Éric Cantona, 54 anos, estreou-se, em 1995, em "Le bonheur est dans le pré", um filme do realizador Étienne Chatiliez. Em 1998, surpreende em "Elizabeth", uma longa-metragem do britânico Shekhar Kapur. Em 2003, na rodagem de "L'outremangeur" de Thierry Binisti, apaixona-se pela atriz e encenadora Rachida Brakni, mãe de dois dos seus quatro filhos, com quem casa em 2007. No início de 2020, o antigo desportista participou no vídeo de "Once", single de Liam Gallagher.